Technologie au travaille

13 11 2009

Já vos tinha falado dos telefones do trabalho, hoje descobri mais coisas sobre o bicho. Mas primeiro, uma fotografia:

Cisco7940

 

Esta coisa é um Cisco 7940 (em françês: três vintes e dezanove – quarenta). E chama-se um IP phone. Em vez de estar ligado a uma linha telefónica, está ligado a uma rede informática, tem um IP atribuído por DHCP, MAC address e essas cangalhadas todas.

Já configurei o som do toque para ser igual ao do 24. Muito bom. Uma das coisas interessantes que o telefone disponibiliza é um directório com os números de toda a gente, procurável por nome ou sobrenome. Numa empresa com 23000 pessoas é complicado procurar numa folha de Excel. Mas o truque escondido é que para além de mostrar os números de telefone, é também um dicionário de nomes franceses. Quando tenho dúvidas sobre se tem um l ou dois l’s, quem é que consulto? Lá está, o telefone.

Ainda não descobri como se tiram cafés, mas como não gosto de café, a motivação também não é grande.

 

Na intranet da empresa estava um notícia a dizer que por causa da gripe A iam substituir os “coisinhos que dão o gel para lavar as mãos” por “coisinhos que dão o gel para lavar as mãos” com infravermelhos, para não ser necessário tocar. Há aqui qualquer coisa que não compreendo bem. Continuamos a abrir as portas com as mãos, a fechar e a abrir as torneiras com as mãos, mas é precisamente aquele aparelhómetro em que tocamos apenas imediatamente antes de lavar as mãos, no qual vamos deixar de tocar.

 

Outra coisa que me deixa perplexo, são os elevadores! A torre onde trabalho tem 39 andares, e 16 elevadores. Para não criar congestionamentos por parar em todas as estações, há um grupo de 8 que estão dedicados do rés-do-chão até ao 20º andar e outro grupo que faz rés-do-chão e 21º-39º. A coisa ainda complica mais, em horas com muita afluência, são criados sub-grupos. Por exemplo, um elevador do grupo 22º-39º faz só serviço entre o 21º e o 25º. Há alguma probabilidade de um tipo mais distraído apanhar um elevador e ficar num piso que não quer, mas a coisa funciona realmente bem. Parece uma auto-estrada na vertical.

Hoje cronometrei o tempo que demora desde o piso 1 (rés-do-chão) até ao 25º (onde eu trabalho). São 24.5s desde o momento em que as portas fecham até ao momento em que as portas começam a abrir, dá quase um andar por segundo. Se contarmos com 4m por andar, dão 3.9 m/s = 14 km/h de velocidade média. A velocidade de ponta deve dar para fazer disparar o radar dos polícias de elevadores!

 

Amanhã é Sábado aqui também. Prometo tirar umas fotografias ao apartamento este fim-de-semana para vos mostrar.

 

Beijinhos e abraços!

Anúncios

Acções

Information

4 responses

14 11 2009
Andreia

Mor,

Não se escreve «um notícia»…aqui em Portugal e em português é mais «uma notícia». Eu sei que quando se está no estrangeiro é possível dar mais calinadas que ninguém percebe, mas não num blog para portugueses, sinceramente!!!! Mais atenção, s’il vous plaît!!!

14 11 2009
Madlinha

Cangalhadas? De repende voltei 5 anos atrás e lembrei-me do Paulinho e do cangalhito!!!! Que saudades…..não só do Paulinho mas também de vocês! Serei assidua nas visitas a esta pégina, prometo.
Um bjinho grande afilhado,
Madlinha

19 11 2009
Sophia

Pois, por aqui… (onde resido actualmente) a tecnologia falha logo dentro de casa que é para não ficarmos mal habituados! EHEH

26 11 2009
Oliveira

Alô Marcão:

Vejo que está tudo OK contigo… constipação é fruta da época !
Tenho sabido pelo teu Paipai que está tudo bem.

A propósito do elevador e das velocidades, apesar de já lá irem mais de 20 anos, sugiro-te uma passagem durante os teus passeios, pela torre de Momparnasse… para subir ao restaurante panorâmico.
Não !… Não sugiro que manjes lá, a menos que estejas disposto a ratar o plástico do cartão de crédito até ao miolo !
Será apenas para me confirmares que ainda está ao serviço aquele ascensor OTIS (ou SHINDLER ?) que te levará até ao topo com extrema suavidade, mas em que sentirás a acelaração por longo período e terás uma sensação de quase imponderabilidade prolongada no final… não sei que velocidade atingirá, mas garanto-te que não são só 14 Km/Hora!!!

Um abração.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: