Feliz Natal

24 12 2009

O Marco não está em (na) França, está em (no) Portugal. É esta a única maneira que tenho de ter internet em casa.

Em (na) França, é coisa para demorar bastante tempo. Já está pedida desde o início de Dezembro, só falta estar instalada. Por isso não tenho actualizado o blog, peço desculpa a todos.

O princípio do “O Marco na França” é ser escrito pelo Marco, na França (espectacularmente original, não é? Quem lê o título não diria). De qualquer modo, como não o pude fazer a partir de lá, não podia deixar passar a quadra sem desejar a todos um feliz Natal.

Está a ser bom estar de volta a Portugal. Depois de uma mega recepção ontem à chegada a Lisboa, hoje passei a manhã a matar saudades de uma velha amiga. Uma amiga com quem não consigo falar ao telefone, nem por email ou carta e que se recusa a ler o blog. Chama-se Jasmina, é branca como a neve acabada de cair e tem 6 cordas que me magoam os dedos se passo muito tempo sem lhe dar atenção…

 

Beijinhos e abraços





Printemps

5 12 2009

Para não ser acusado de tendencioso, ontem falei das Galleries Lafayette, hoje falo da Printemps. É mesmo, mesmo ao lado das Lafayette.

 

DSC_2459

 DSC_2460

DSC_2461

 

Também na Printemps as montras estão recheadas de marionetas:

DSC_2467

DSC_2470

DSC_2484

DSC_2483

DSC_2487

DSC_2489

 

E marionetas musicais:

DSC_2493

 DSC_2494 DSC_2497

DSC_2498

 

Na Printemps também há montras mais exóticas:

DSC_2492

DSC_2502

 

Amanhã é dia de mudança. Vou para o estúdio que aluguei no 5º arrondissement. As más notícias é que ainda não tenho internet lá, por isso o “O Marco na França” vai ficar alguns dias sem actualizações. Assim que tiver internet prometo voltar à carga e mostrar algumas fotos da minha nova morada.

 

Beijinhos e abraços!





Galeries Lafayette

3 12 2009

As Galeries Lafayette ocupam mais de um quarteirão no 9º Arrondissement, mesmo junto à Opera. São uma espécie de El Corte Inglés, ou o El Corte Inglés é uma espécie de Galeries Lafayett.

DSC_1841

 

Lá dentro, para ser sincero nem prestei muita atenção, mas é tudo de Louis Vuitton para cima 🙂 Prestei atenção numa árvore de natal bem engraçada que lá está.

 

DSC_1850

 

Mas o ponto alto são as montras. Pelo menos nesta altura junta-se uma multidão para as ver.

DSC_2477

 

E porquê? Porque têm umas marionetas espectaculares!

DSC_2419

DSC_2431

DSC_2432

DSC_2433

DSC_2446

DSC_2449

DSC_2453 DSC_2455 DSC_2457

 

Os miúdos deliram…

 

Beijinhos e abraços!





Et Amélie, elle est là?

2 12 2009

Esta é uma encomenda de um amigo que está prestes a vir até Paris. Para lhe mostrar que não me esqueci, aqui vai.

Este fim-de-semana estive em Montmartre que é um bairro muito curioso e peculiar aqui em Paris, sobre o qual espero falar mais noutro post. Mas Montmartre é também o sítio onde se desenrola a vida de Amélie Poulain e o seu fabuloso destino.

Fui à procura dela, mas da mesma maneira que não encontrei o Robert Langdon, também não a encontrei a ela. Quer dizer, encontrei uma fotografia:

DSC_2397

A grande questão aqui é onde é que eu tirei a fotografia. Pois bem, foi no Café Les 2 Moulins!

DSC_2381

DSC_2398

DSC_2401

 

E o que é que fui lá fazer para além de procurar a Amélie e tirar fotografias?

 

DSC_2395

Crème Brûlée!!

 

Beijinhos e abraços!





Les lumières de Noël

1 12 2009

Não, não é uma foto da iluminação dos Champs-Élysées. Vem um tripé a caminho para vos poder mostrar em condições.

Desta vez é algo mais abstracto, aí vai:

DSC_2270

DSC_2465

DSC_2231

 

Beijinhos e abraços!








%d bloggers like this: