Jus de Fromage à Saint-Malo

10 08 2010

Tenho que pedir desculpa mais uma vez, mas um projecto de webdesign intensivo e uma fantástica estadia de uns amigos aqui em casa acabaram por me tirar do blog.

Sobre o projecto de webdesign, conto dar-vos novidades aqui muito em breve.

 

Quanto à visita dos amigos, este post abre um bocadinho a porta, mas há mais para vir.

Foi uma semana bem passada e pelo fim-de-semana aproveitámos para ir até Saint-Malo e ao Mont Saint Michel ali bem na fronteira entre a Normandia e a Bretanha.

Talvez motivados pelos ares inspiradores da costa Oeste, aconteceram momentos verdadeiramente memoráveis, daqueles que nos vão acompanhar para sempre. Estou a imaginar-me de bengala e com falta de óleo nas articulações a dizer: “Lembras-te daquela vês em Saint-Malo… ?”

Passo à descrição de uma dessas preciosidades. 22h ou 23h (quando não estou a trabalhar faço questão de não saber bem horas, já era noite) de Sábado, encontrámos um sítio para jantar. Escolhemos o que íamos comer e a seguir estávamos na dúvida sobre a bebida.

Um pouco de originalidade na escolha da bebida pode dar aquele toque de sofisticação que faz a diferença entre o muito bom e o sublime. Embebido deste espírito empreendedor, eis que um dos amigos resolve pedir, no melhor francês que tenho ouvido nos últimos tempos, um “jus de fromage”!

Tenho pena de não ter tirado uma foto à cara da nossa atenciosa anfitriã, isso sim era uma foto. Foi aquela hesitação – “Eu percebi bem, não percebi? O gajo é português, se calhar não foi bem isso que ele quis dizer. Mas não, ele disse bem, bom sotaque, vocabulário correcto, não há grande margem para dú…”

Ao mesmo tempo, e vendo a expressão de admiração na cara da senhora, o nosso empreendedor contra-ataca:

“Ce n’est pas possible?”

As dúvidas desfazem-se por absoluto na cabeça da nossa anfitriã e ela responde – “Non”. O que evidentemente, despoletou a gargalhada.

 

Estou certo que depois do episódio ela ficou a pensar que em Portugal é normal beber sumo de queijo. Mais! Ficou com vontade de viajar até à nossa terra só para experimentar a iguaria.

Pessoas que fomentam desta forma o turismo no nosso país não deviam perder tempo a trabalhar. Deviam ter um contrato milionário com o Turismo de Portugal para andar por esse mundo fora a cativar turistas, aí sim eu veria os meus impostos bem aplicados.

 

Para acabar deixo algumas fotos de Saint-Malo. Preferia ter uma foto da expressão da nossa futura ex-apreciadora de sumo de queijo, mas também eu não estava preparado para tamanha revelação.

 

DSC_6649

DSC_6641

DSC_6621

DSC_6603_4_5_6_7_tonemapped

DSC_6627

DSC_6638

Beijinhos e abraços!

Anúncios

Acções

Information

4 responses

10 08 2010
Tópai

Portuga é mesmo “cromo”.Faltou dizer o que substituiu o Jus de fromage!!
Fotos bem giras a condizer com o local.
Beijinhos.

11 08 2010
Rita mãe

Já sei o que vou fazer no fim de semana que vens para aperitivo sumo de queijo.
Gostei muito das fotografias como sempre um bom desempenho fotográfico.
A bengala é que começo a pensar que já estive mais longe.
O humor espectacular.
Beijinhos, tenho muitas saudades tuas.

12 08 2010
Pedro

Quem terá sido esse teu amigo idiota que pediu sumo de queijo? …
Convém esclarecer que a senhora é que disse “c’est pas possible!” com o ar mais surpreendido deste mundo! 🙂

Excelente reportagem man!

16 08 2010
Sophia

UAU! Que lugar lindo!
Imagino o quanto se divertiram!
Beijinhos e mais uma vez obrigado pelas excelentes fotos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: